11 de abril de 2013

Íman: O Souvenir Cliché


Há quem diga que é foleiro, de mau gosto...mas eu gosto! No fundo o que interessa é tomarmos decisões seguindo aquilo em que acreditamos e não no que os outros acreditam, gostam e querem. Até que nos provem o contrário, claro!

Neste caso a cena é simples, gosto de ímanes. A culpa é da Danone que oferecia ímans com cara de macaco a fazer caretas. Se a tua infância foi nos anos 90 sabes perfeitamente do que estou a falar, certo? O meu pai, todas as semanas, comprava packs de iogurtes Danone e lá vinham os macaquinhos. Na altura, achava aqueles brindes tão fixes! Aliás, o facto daquelas coisinhas com cara de macaco colarem-se e descolarem-se ao frigorífico fascinava-me, pensava "Como é que isto acontece?!". Uma das grandes dúvidas da minha infância :D ! Seja positivo ou negativo, tudo o que acontece na infância bate forte. E esta bateu-me gravemente. Aliei este gosto por ímanes à paixão pelas viagens. E como muito boa gente, faço colecção de ímanes dos locais que visito, tento sempre comprar um. Acho que se torna quase uma espécie de general view do que já visitei, olhando directamente para o frigorífico ou quadro magnético. Sou orgulhosamente uma íman lover.

Tenho outros ímanes mas, como se vê pela foto, não
tenho onde os pôr! Preciso de um quadro magnético!
Contudo, não gosto de ter ímanes de locais onde nunca fui. O íman do sítio onde nunca fui é uma ilusão que não gosto de alimentar. Sim, eu sei que este pensamento é estranho, mas o meu critério de adquirir ímanes não é aquele. Pensem comigo: quanto mais olho para o íman mais penso o quão difícil será ir até lá, dado que normalmente oferecem-me ímanes de locais que só irei conhecer a mega longo prazo. Fico aflita, a sério! Tenho muita pressa em conhecer o mundo, a vida passa tão depressa que tenho receio de nunca poder vir a conhecer a diversidade de países e culturas que nos rodeia. Por favor, dêem-me postais com mensagens, um souvenir qualquer mas deixem os ímanes comigo...estes significam, para mim, que já fui, que já vi, que já vivi o que aquele local tem para oferecer. Momento paranóico, eu sei! Mas felizmente sou uma paranóica assumida, o que facilita muita coisa ;) 

Ideia: Em vez de colocar os ímanes no frigorífico  coloca num quadro magnético onde poderás deixar em qualquer divisão da casa. Aliás, assim, os ímanes e as fotos que poderão acompanhar os ímanes não apanham as gorduras e humidades da cozinha. Vejam este do Ikea, vou comprar o prateado, custa 9,99€.

Foto: Carina Teixeira

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...