5 de novembro de 2012

Roteiro de Barcelona | A Cidade das Mil Caras - Parte III


Considero importante conhecer e reter os nomes, de locais e monumentos, nas suas línguas de origem, por isso, sempre que me for possível irei fazê-lo através da escrita. Garanto-vos que ajuda bastante saber os nomes tal como eles são, principalmente durante a viagem, em vez de recorrer sempre ao inglês.


PLAÇA DE CATALUNYA

Esta praça, para nós, era o ponto de referência. Foi aqui que saímos do Aerobús e foi este o local que tomámos como ponto de partida para conhecer várias atracções turísticas. Aliás, era daqui que o nosso querido Barcelona Bus Turistic seguia viagem :) É uma praça ampla onde vês muita gente com bagagens a chegar e a partir.



LA RAMBLA

Há quem diga Las Ramblas, há quem diga La Rambla. Enfim, whatever! Eu digo La Rambla que foi o que ouvi e li mais naquele 1.2 km que andei dezenas de vezes durante os dias que estivemos em Barcelona. A "La Rambla" é um conjunto de várias ruas seguidas umas às outras que perfazem um género de avenida ampla com muita movimentação. Da Plaça de Catalunya até à zona costeira, a Rambla é constituída por várias ruas: Rambla de Canaletes, Rambla dels Estudis, Rambla de Sant Josep, Rambla dels Caputxins e a Rambla de Santa Mònica, sendo que mais à frente temos a Rambla de Mar. O Barri Gòtic e El Raval ficam coladinhos à Rambla, é obrigatório visitar!



LA BOQUERIA

É impossível descrever La Boqueria. É uma experiência de sensações e emoções. As cores, os cheiros, os sabores, as texturas! A movimentação de gente que entra e sai, por vezes, só para ver o que há! Eu perdia meio dia naquilo...a experimentar tudo o que me saltava à vista e que me dava água na boca. Saía de lá com mais 5kg, mas seriam 5kg de pura felicidade! Um dos locais perfeitos para encher o frigorífico e petiscar :) Este mercado fica situado na Rambla e está activo há mais de 170 anos!



GRAN TEATRE DEL LICEU

O Liceu, inaugurado em 1847, faz parte da vida cultural de Barcelona, pelo que já sofreu um atentado e vários incêndios ao longo dos anos. Mas reergueu-se sempre! Entrámos aqui com o objectivo de fazer uma pequena visita guiada para conhecermos por dentro o Gran Teatre del Liceu, que fica também na Rambla. Pensámos em comprar os bilhetes, ir à rua comer qualquer coisa e voltar. Tivemos uma agradável surpresa dentro do teatro, o café Singularis. Decidimos ficar e tomar o pequeno-almoço, que foi delicioso. Optámos pela visita não guiada porque era mais barata, mas que, surpreendentemente tinha um guia...não percebi. Actualmente o preço para a visita não guiada é de 5,50€ mas, se bem me lembro, pagámos pouco mais de 2€. Tudo aumenta em todo o lado! Não era permitido tirar fotos à sala de espectáculos, por isso, espreitem algumas fotos aqui.



PLAÇA REIAL


Esta praça foi construída no século XIX, é cheia de palmeiras, tem dois postes de luz projectados por Gaudí e uma fonte chamada "Fuente de las Tres Gracias". Esqueci-me de tirar fotos à Plaça Reial, por isso, esta não é minha. Quase que nos esquecíamos de passar por aqui, passámos ao lado tantas vezes. Fomos a esta praça, via La Rambla, na nossa última noite quando procurávamos onde jantar. Não sei, as comidas até podem ser muito boas mas como é um sítio cheio de turistas, abusam grandemente no preço dos pratos e bebidas.



PALAU GÜELL 

Palau Güell (1890) de Gaudí ficava na nossa rua! Saudávamos com o olhar, todos os dias, de manhã e à noite quando voltávamos para o hostel. Fica numa das transversais da Rambla, ou seja, na Calle Nou de la Rambla. Apreciámos só por fora. Bem, há tanta coisa linda em Barcelona que se entrássemos nem sei. E garanto-vos que se tudo o que Gaudi construiu é de nos deixar de boca aberta apenas pela fachada, imagino como serão por dentro! Entrada: 10€

















MIRADOR DE COLOM




É verdade, podemos subir até lá acima e admirar Barcelona a uma altura de 60 metros. O Mirador de Colom, construído em 1888, oferece-nos uma vista panorâmica da cidade. A estátua de Colombo está a apontar para o mar. 

Há muitas versões e opiniões para onde é que ele estará a apontar. Será o caminho para a América? Uns dizem que o caminho para a América não é por aí. Será uma metáfora qualquer? Uns dizem que sim outros que não. 

Bem, o que interessa é o simbolismo e a interpretação que cada um pode tirar do monumento, dado que ninguém se decidiu para onde Colombo aponta afinal. 

Entrada: 4€







BARRI GÒTIC

Este é o centro histórico, religioso e político da cidade. Barcelona nasceu aqui, esta zona era uma colónia romana. No Barri Gòtic podemos encontrar a Catedral, a Plaça de Sant Jaume, várias ruas e ruelas por onde nos perdemos quase sem dar conta. O Barri Gòtic é um chamariz para os jovens que se deliciam com os bares, restaurantes e onde também podem encontrar-se vários hostels. No fundo, é um local para todos, e sente-se a magia do tempo e da história no ar. Mesmo! O Barri Gòtic parece-se bastante com o Bairro Alto, em Lisboa, pelas ruas e pela vida que tem.

CATEDRAL

A Catedral faz parte do centro religioso de Barcelona. Este monumento começou a ser construído em 1298 e levou 600 anos a ser concluído. Predominantemente de estilo gótico, a arquitectura da Catedral tem outras influências devido às épocas pelas quais passou a sua construção. Adoro contrastes e um dos que mais me fascinou foi estar nesta área, onde a história começou há milhares de anos, e ver um grupo de b-boys a dançar freneticamente. Contrastes que se complementam!



PLAÇA  DE SANT JAUME




Esta praça foi o centro político da cidade romana de Barcino. É interessante verificar que, hoje em dia, é também o centro político de Barcelona.

Cada dia que passa, mais acredito que a história é um ciclo. Acontece e volta a acontecer over and over again. Na Plaça de Sant Jaume, temos o Palau de la Generalitat e a Câmara Municipal.



PASSEIG  DE GRÀCIA

É quase impossível não passar por aqui. Passeig de Gràcia é uma das ruas mais importantes da área de Eixample, guardando em si grandes exemplos do Modernismo catalão. A "Manzana de la Discordia" é a área que detém três obras-primas do século XX, são elas a Casa Lléo Morera, Casa Amatller e Casa Batlló. Ainda no Passeig de Gràcia, podemos encontrar a Casa Milá - La Pedrera que é de uma arquitectura simplesmente fenomenal.


CASA BATLLÓ


A Casa Batlló foi remodelada por Gaudí em 1906. Não entrámos, apenas vimos a fachada. A Casa Batlló é verdadeiramente uma obra de arte, tal como tudo o que Gaudí criou. Embora as suas obras sejam fascinantes, para mim, jamais conseguiria viver numa casa destas. Tem tanto de espectacular como de inquietante. As formas, as cores, a dimensão...não me dariam a paz que procuro numa casa. É demasiado espectacular para ser habitado, por isso mesmo é que é uma atracção turística actualmente. O que Gaudí criou, na minha opinião, é mesmo para ser vivida momentaneamente e mais do que uma vez, mas nunca permanentemente.  Entrada: 20,35€. Outros preços aqui.

Fotos via Casa Batlló


CASA MILÀ - LA PEDREDA

Mais uma obra de Gaudí, desta vez, com formas onduladas feitas em pedra com varandas de ferro forjado. Gaudi levou 6 anos - 1906 a 1912 - para construir La Pedrera que também é conhecida como Casa Milà porque foi encomendada por Pere Milà. Adorava ter entrado e ido ao terraço, é um must see quando se entra nesta casa. Só acho que os preços para visitar a Casa Batlló e La Pedrera não são nada convidativos a um público menos abastado. É demasiado caro. A cultura e a arte devem ser acessíveis à maior parte das pessoas, não pode ser elitista.
 Entrada: 16,50€. Outros preços aqui.


PLAÇA D'ESPANYA 

Almoçámos no centro comercial Arenas de Barcelona, que mais parece uma praça de touros, na Plaça de Espanya, e passeámos por aqui, durante o início da tarde, até ao MNAC. 




FONT MÀGICA DE MONTJUÏC 

A julgar pelas fotos, é um espectáculo de luz e água simplesmente lindo! Não consegui chegar a tempo de ver tudo isto! Planeámos ver a Fonte Mágica em acção na última noite da nossa visita à cidade mas, infelizmente, quando chegámos lá a fonte estava apagada...sem luz e sem água a bailar de um lado para o outro! Que desilusão, mas a culpa foi nossa que não pusemos a hipótese de que haveria um horário para este espectáculo a céu aberto, dah!


Horário: Sextas e Sábados (época baixa) - das 19h às 21h. Quintas a Sextas (época alta) - das 21h às 23h30.



MUSEO NACIONAL D'ART DE CATALUNYA - MNAC |  PALAU NACIONAL




O MNAC tem várias obras de arte, algumas antiquíssimas, que o tornam num dos museus mais importantes da Catalunha. O bilhete é cerca de 10€ e tem a validade de 2 dias, sendo que existem outras tarifas dependendo do caso. Ficámos aqui durante algum tempo a apreciar a paisagem! Uma paisagem cosmopolita amparada pelas montanhas que abraçam Barcelona. À nossa frente, vemos a Font Màgica e a Plaça de Espanya. Por trás, temos MNAC no Palau Nacional e Montjuïc. Andámos por aqui, tirámos fotos, subimos e tirámos mais fotos. Fiquei com sede! Nada melhor que sentar-me a devorar aquela vista sobre a cidade e a beber uma caña fresquinha, soube tão bem!



ANELLA OLÍMPICA


PISCINES PICORNELL  |   PALAU SANT JORDI   |  ESTADI OLIMPIC


ANELLA OLÍMPICA
Passámos por aqui mas não ficámos muito tempo. Não porque não quiséssemos conhecer melhor, mas o tempo não pára e havia mais umas coisas a visitar. Não queríamos deixar de o fazer. A Anella Olímpica, foi o centro dos Jogos Olímpicos de 1992, que devolveu uma nova vida à área de Montjuïc. As infraestruturas feitas na época para este evento desportivo, são agora pontos de interesse para quem visita a cidade.


 



TELEFÈRIC DE MONTJUÏC

Conheço muita gente com medo de alturas, outras dizem que apenas se sentem desconfortáveis. Eu gosto de alturas! Estranho?! Gosto de observar o que me rodeia o mais alto que puder, a minha visão amplifica, literalmente, conferindo-me uma sensação que todos devíamos ter de vez em quando: somos importantes mas não somos assim tão importantes. Somos um grão de areia nesta imensidão que é o mundo. E as alturas fazem-me isso, consigo não focar-me demasiado em mim e no meu umbigo, percebo que há muito mais para ver, muito mais para sentir e muito mais para partilhar. Por isso, teleférico de Montjuïc rules!!! Imagem perfeita de Barcelona. Preço online ida e volta: 8,82€. Compra o bilhete online aqui.



CASTELL DE MONTJUÏC


Vimos o Castelo de Montjuïc numa das paragens do teleférico. Bem, esquecemo-nos que ao sair tínhamos de pagar novamente para entrar no teleférico. O castelo actualmente é um símbolo da repressão vivida em Barcelona noutros tempos, simbolizando também o espírito de luta e força desta cidade. A entrada para o castelo é gratuita. Aproveitámos que estávamos por aqui para espreitar, numa espécie de miradouro, o Porto de Barcelona. É de nos deixar boquiabertos! Um porto enorme. Não é de estranhar que é por isso que é deste porto que sai grande parte dos cruzeiros para o Mediterrâneo e não só. 



MIRAMAR - JARDINES COSTA I LLOBERA

Uma das coisas que mais me deslumbram nas cidades são os miradouros. Portanto, devem imaginar como fico feliz quando estou, por exemplo, em Lisboa e tenho a oportunidade de visitar os seus miradouros. Miradouros freak, yes I am!



PORT VELL

O Port Vell é o bairro mais antigo do porto de Barcelona e foi completamente renovado. Aqui podemos encontrar o centro comercial Maremagnum, o impressionante Aquàrium e o cinema Imax.  Gostámos muito de passear por aqui até ao Port Olímpic, dá para parar e relaxar um bocado. Lembro-me que no último dia, sentámo-nos num qualquer sítio do Port Vell a observar as gentes que por nós passavam. Sentados, a observar e a degustar uma caixinha de fruta e um copo de sumo de fruta com gelo comprados na linda Boqueria.

PORT VELL   |    MAREMAGNUM   |   L'AQUÀRIUM


MUSEU D' HISTÒRIA DE CATALUNYA - PALAU DEL MAR

O museu fica no Palau del Mar, sendo esta a única construção original do antigo Port Vell, ou seja, antes de ser renovado. Vê os vários preços aqui.




PORT OLÍMPIC 


O Porto Olímpico bem como a área circundante, foram projectados aquando do Jogos Olímpicos de 1992, realizados em Barcelona. Este é um bairro residencial que tem o mar e as praias como horizonte, tendo uma marina extremamente atractiva tanto para residentes como para os visitantes. Queríamos ter andado na bicicletas Bicing mas quando falámos com um rapaz que estava a retirar uma e que tinha um cartão na mão, ele explicou-nos que teríamos de ser moradores da cidade para usar as bicicletas. Vão encontrar várias "estações de bicicletas" do serviço Bicing pela cidade. 



PLATJA BARCELONETA | PLATJA NOVA ICÀRIA | PLATJA DEL BOGATELL


As praias, ai ai as praias! Eu e o Helder não podemos viver sem praia, é tão bom! E como especialistas em praias que somos, não engolimos qualquer uma. Devo dizer que, no geral, gostámos das praias de Barcelona e da infraestrutura à volta delas, pois não falta nada: temos o "calçadão", restaurantes, chuveiros, bancos, wc's, placards de informação, etc. Contudo, não gostei da Barceloneta, muitos pombos, muito suja, muito blah! Por outro lado, gostei da Nova Icària e Bogatell. A Nova Icària, embora tivesse pombos, era melhor que a Barceloneta. A praia era boa e a água era limpa, azul clarinha, linda. Vais encontrar aqui muito pessoal a querer vender coisinhas e a querer fazer massagens e, de repente, quando vêem a polícia, escondem-se na areia, deitam-se ao teu lado como se estivessem contigo, ou despem a camisola e fingem que estão a passear na praia. Depois, passámos pela Bogatell e, como vimos que já não tínhamos tempo de nos estendermos na areia daquela praia, decidimos tomar uma chuveirada por lá para ainda podermos visitar o Parc de la Ciutadella e outros locais. Há mais praias em Barcelona mas estas são as três primeiras que fazem parte dos mais de 4 km de praia que esta cidade tem!


PARC DE LA CIUTADELLA


Este parque, localizado numa antiga cidadela militar, foi construído em 1888. Aqui podemos encontrar o Parlamento da Catalunha, o Zoo e o Museu das Ciências Naturais. Depois de um dia de praia, decidimos andar até ao Parc de la Ciutadella. Perdemo-nos até chegar aqui, mas na óptica do Helder não nos perdemos, apenas demos uma volta maior! Quando chegámos ao Parc de la Ciutadella, já não aguentava com as pernas e os pés, digamos que isto é recorrente quando ando muito. Esta zona da cidade é muito agradável, podemos passear à vontade, descansar no parque e fica pertinho do Arc de Triomf.

Parque: Entrada livre. Zoo: 19€ e 11.40€ p/crianças. Museu: ver aqui

ZOO  |  PARLAMENT DE CATALUNYA  |  MUSEU DE CIÈNCIES NATURALS

ARC DE TRIOMF






Monumento erguido em 1888 por ocasião da Exposição Universal em Barcelona. O Arc de Triomf foi a entrada para este grande evento que teve lugar no Parc de la Ciutadella. Muitos foram os monumentos construídos nesta altura devido a esta iniciativa que transformou por completo a cidade. 

Gostei muito do arco, rico em detalhes e bem ornamentado. Esta área junto ao arco é excelente para caminhar um pouco e observá-lo de várias perspectivas.

Mesmo em frente ao arco há muitos jovens a andar de skate, patins, bicicleta onde treinam as suas acrobacias.









BASÍLICA DE LA SAGRADA FAMÍLIA

La Sagrada Família, obra majestosa de Gaudí! Começou a ser construída em 1882, não está terminada e não há previsão para quando isso possa acontecer. Gaudí dedicou 40 anos da sua vida a esta obra, pelo que quando estiver terminada chegará aos 170 metros de altura. Dúvida: porque é que a construção de um marco histórico e cultural da Catalunha, depende maioritariamente de donativos de crentes e visitantes?! Não era para alguém com responsabilidade, poder e dinheiro pôr mão nisto?! Questões à parte, fiquei estupefacta a olhar para a Sagrada Família.  Eu e o Helder ficámos talvez durante 1 hora a apreciar e a tentar descobrir todos os detalhes deste monumento. Missão impossível, demasiados detalhes. Preço: 13€  - ver mais preços aqui




PARK GÜELL

Parece ter saído de um conto de fadas, onde te perdes num mundo feito apenas dentro dos teus sonhos. Genial! Se a Sagrada Familia é a obra-prima de Gaudí, Park Güell é o quê? A irmã gémea dessa obra-prima? Gémeas falsas...porque cada uma tem o seu encanto! Como é que se consegue criar harmonia entre o que a Mãe Natureza criou e o que o Homem cria? Gaudí era um génio! A sua obra é eterna e inigualável. A arquitectura do Park Güell, casa na perfeição com a natureza que o rodeia. Quando pensas que estás a olhar para um lado qualquer que faz parte do meio envolvente, afinal é mais alguma coisa que Gaudí pensou e construiu. Sem contar com a vista magnífica que se tem de Barcelona a partir do parque. Se não visitares o Park Güell não foste a Barcelona!
Entrada gratuita.



TRAMVIA BLAU


Esta é a melhor maneira de chegar ao topo de Tibidabo. O Tramvia Blau, ou o eléctrico azul, existe desde 1901 e andou pelas linhas de eléctrico mais antigas de Barcelona. Actualmente, percorre um caminho com mais de 1km passando por uma área residencial com casas lindas e jardins coloridos. O objectivo é chegar ao cimo de Tibidabo onde temos à nossa espera uma paisagem estonteante! 

Preço ida e volta: 3,50€


PARC D' ATRACCIONS TIBIDABO




Na altura em que fomos estava fechado para visitantes. Foi uma pena! Gostava muito de ter visitado este parque de diversões que, a partir da montanha onde esta situado, oferece-nos uma vista impressionante da cidade e do mar Mediterrânico!

Este parque está a uma altura de 500 metros, tem carrosséis e diversões antigos e modernos, sendo que a mais antiga data de 1921. 

Entrada: 28,20€ (adulto) e 10€ (criança).






PALAU REIAL

Construído em 1924, fica na Avinguda Diagonal zona de empresas, lojas de grandes marcas Faculdades e Universidades. Como curtimos de andar nos jardins do Palau Reial. Encontrámos vários esquilos com um ar assustado sempre que olhavam para nós. Os esquilos têm sempre um ar assustado ou é impressão minha? Parece que estão sempre à toa! Fartámo-nos de rir, principalmente quando começámos a imitar a cara dos esquilos com as mãozinhas junto ao peito. Foi um daqueles momentos priceless! Entrada livre.




FUTBOL CLUB BARCELONA - CAMP NOU


O Camp Nou foi construído em 1957 e é o maior estádio da Europa tendo a capacidade para receber 99 mil pessoas. Não estava na top list do que tínhamos mesmo de visitar. Quando vimos o preço da entrada então, foi mesmo "esquece"...22€ por pessoa, tendo em conta que temos de pensar para dois, ficava 44€. Não se justifica, pelo menos para nós. No entanto, teria sido interessante ter entrado no ninho do Barça, principalmente para o Helder. Um dia, talvez.  Preço actual: 23€





Outros pontos de interesse:

Palau de la Música Catalana | Columnes del Temple D'August | Basilica de Santa Maria del Mar |  Casa Lléo - Morera | Casa Amatller | Casa de les PunxesPoble Espanyol | Sarrià | Torre Agbar


Fonte de Imagens:
Fonte 1 - Carina Teixeira
Fonte 2 - Via www.barcelonabusturistic.cat 

6 comentários:

  1. Perfeito!

    Este post oferece-nos um roteiro completo, com fotos maravilhosas e informações muito úteis.

    Obrigada.

    :)

    Olinda

    ResponderEliminar
  2. Este post é formidável!!! Acabei de publicar que vou para lá na passagem de ano ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Vicky,

      Ainda bem que gostaste, espero que este roteiro seja útil durante a tua viagem. Talvez ainda esta semana irei publicar a última parte do roteiro de Barcelona, "Onde Comer e Sair".

      Vai passando por aqui ;)

      Eliminar
  3. Excelente!! (Y) ☆.☆.☆.☆.☆ Parabéns e obrigado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que gostou do Roteiro! Fico feliz! Obrigada.

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...